fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Ser traída pela pessoa amada provoca uma dor insuportável e pode levar para o ralo um relacionamento de longos anos, forçar uma separação indesejada, brigas infindáveis, frustrações. O que você me diria se soubesse que existem algumas dicas preciosas capazes de te ajudar a ficar alerta e evitar ser traída?

Pois é exatamente isso que eu vou te entregar!

Eu sei como é angustiante ficar com aquele medo martelando na cabeça: Será? O que posso fazer?

Já passei por isso!

Ficava tão preocupada a ponto de sonhar que o meu marido estava me traindo.

No sonho já doía horrores!

Acordava com ressaca emocional, como se tivesse acontecido de verdade.

Agora, imagine quando acontece?

Então, melhor evitar o que possa ser evitado, não é mesmo?

Porque não saber de algumas coisas deixa o relacionamento vulnerável. Por exemplo, tive uma Coachee que estava muito focada em seu trabalho e deixou o marido um pouco de lado. Tudo bem, vez ou outra a gente se envolve mais com algumas coisas, porque existe uma demanda maior. Isso faz parte da nossa vida corrida, contudo, é preciso deixar claro para o parceiro que é uma fase, e pedir a ajuda dele nisso.

No caso dela, tinha um agravante: ele estava entrando na andropausa, uma fase da vida do homem, semelhante a menopausa em nossas vidas, em que os hormônios começam a diminuir, principalmente a testosterona. Geralmente eles ficam mais irritados, desanimados, diminuem a libido, e também, ficam mais carentes!

Alguns homens, se separam nessa fase, por desconhecer as mudanças em seus corpos, acham que diminuíram seu desejo porque estão com a mesma mulher a muitos anos. E saem atrás de outras “mais novinhas” ou algo do tipo.

No caso de minha Coachee, aconteceu a traição!

O que ela poderia fazer para evitar?

E aqui faço uma observação:

Jamais aceite sozinha a responsabilidade por evitar uma traição em seu relacionamento.

Porque, historicamente, a mulher se fazia de gato e sapato para satisfazer o homem na tentativa de que ele não a traísse. Reflexo de uma cultura patriarcal, colocar a mulher como objeto a serviço numa relação. Você deve cuidar da sua parte (aqui entram as 7 dicas), sem assumir a parte dele, pois ele tem que cuidar da outra.


1. Conheça o seu relacionamento

Você precisa saber a fase em que ele se encontra. Está bem? Mal? Quente? Frio? Vocês conversam? Algo diferente? Mudança de comportamento?

Olhar para ele do tipo “o olho do dono é quem engorda o gado”.

Pois, como diz a canção “quando a gente ama, claro que a gente cuida!”

Para conseguir isso, observe os sinais em você e no seu parceiro.

Como eu estou? Que nota eu me dou em termos de ser a namorada, esposa dele? E ele? Como está comigo?

Mas, agora vem a parte do cuidado! Para que isso não seja uma vigilância, fiscalização. Não é isso! Ficar naquela dúvida chata. Tem que ser algo que venha do seu desejo de cuidar do que possui.

Como saber? Ouça o seu coração! Aquela luzinha que ele dá, você sente, e fala, com carinho e principalmente sem cobranças.

Porque se algo não vai bem, ele dará um sinal. E você ligada na relação irá perceber até para ajudá-lo a não estragar tudo.

2. DES-rotine-se na Cama e fora dela

Fundamental quebrar a danada da rotina.

Essa quebra precisa acontecer na cama e fora dela.

Eu tiro por mim! Comi tanto mamão nas minhas dietas que enjoei.

Assim é a relação, fazer sexo “toda vez ela (e) faz tudo sempre igual” dá tédio!

A função é dos dois em incrementar a cama.

O cérebro ama novidades!

Lembra de quando estavam apaixonados? Uau! Dá vontade de ficar grudado, mamando nos beiços do sujeito e trancado no quarto.

Porque tudo é novidade!

Embora já tenha vivido isso com outra pessoa, a nova pessoa é a nova pessoa. Tudo se renova!

Aí entra o segredinho! Bota novidade na cama

Por que a sexta-feira é o dia em que as pessoas mais sorriem? Quebra da rotina, vem por aí!

Peça ajuda do bofe!

Cada semana um tem a tarefa de criar algo.

Desde levar um vinho a noite para o quarto e yes!

E bota novidade no quotidiano!

Tipo tomar o café da manhã numa bruta terça-feira na cama, cada semana um quem prepara para o outro.

Faça uma lista por mês de coisas para fazerem os dois!

Porque quanto melhor o “trem” tiver menos dará vontade de fazer uns “trem fora” (risos).

3. Seja o seu mais alto potencial no sexo

Sexo é tão curativo, uma mulher que dele desfruta é segura o suficiente para não temer uma traição. Porque a entrega sexual tem íntima ligação com autoaceitação e amor-próprio. Isso reflete no tipo de homem que você escolhe para sua vida.

Que nota você se dá na cama?

E na sua vida profissional?

Sabia que a maioria das mulheres não sentem prazer sexual?

Mais de 50%!

Eu já fiz parte desse time.

Fui traída sexualmente?

Não sei!

Mas, pior do que ser traída sexualmente, foi a minha própria traição em fazer sexo sem desfrutar dele.

O dia em que decidi dar um basta nisso, a minha vida mudou!

Prazer sexual é tudo, se você está com uma pessoa que te respeita e te ama.

Pois, quando você não sente prazer a relação fica sem graça, e isso leva sim a traição.

E outra, fingir orgasmo! Dá uma frustração tão grande! Já atendi várias mulheres com nível de sofrimento alto por estar com um homem maravilhoso e não desfrutar do sexo. Por fazerem sexo mais para agradar ao parceiro. Elas se sentiam confusas. Em muitos casos ocorreram a traição!

Após eu superar essa dificuldade sexual venho escrevendo sobre o assunto.

Para ajudar a melhorar a vida sexual das mulheres lancei os livros: BOA DE CAMA: Uma abordagem sobre a sexualidade feminina e O Segredo da Mulher de Sucesso no Amor e na Carreira, além do E-Book Os 7 Segredos para sentir o Orgasmo e enlouquecer o seu homem na cama.

Chegue à nota 1000 no seu prazer sexual, pois a mulher que mais dá prazer é a que sente prazer!

4. Tenha um objetivo de vida

Se você vive na barra da calça do seu homem, ele vai tentar escapar de você!

Mulher grudenta e ciumenta tem um pé na possibilidade de ser traída!

Ficar rastreando ele, demonstra a sua insegurança e em mulher insegura toda homem pisa.

Pare de ser a mãe dele, pois nenhum filho quer transar com a mãe.

Seja a mulher, ok?

A insegurança é sintoma de quem não se ama, e quem não se ama já se trai, logo, o outro fará o mesmo com você!

Agora, se você quer evitar uma traição no seu relacionamento descubra, também, o que te faz brilhar os olhos. Seu propósito de vida, pois:

Nenhum homem se acostuma com uma mulher que é cheia de vida, sabe o que ama fazer em sua vida, já descobriu os seus maiores sonhos e trabalha para eles.

Descubra-se!

Faça algo que faria a vida toda com muito prazer.

Pois, mulher realizada consigo mesma é extremamente atrativa, tem magnetismo pessoal, atrai olhares… E o melhor, conquista lealdade!

Quer descobrir mais?

Baixe grátis o E-Book – 5 DICAS PRECIOSAS PARA AS MULHERES DECOLAREM NA CARREIRA

5. Use a sua fala a seu favor – saiba conversar

A palavra tem a força de um raio ou a suavidade da luz de um vaga lume.

Tem mais: nós mulheres temos algo em torno de dez mil palavras para falarmos por dia, enquanto os homens têm pouco mais de quatro mil.

O que isso significa?

Que precisa ter cuidado em soltar as dez mil palavras.

Ir pulverizando elas no decorrer do dia.

Por que?

Ao falar demais ele não vai te respeitar!

E mulher desrespeitada pode ser traída!

Tive uma Coachee que estava numa crise profunda no relacionamento. Ela suspeitava que ele a estava traindo.

Eles já não falavam a mesma linguagem. Um não entendia o outro!

Ele dizia alguma coisa, ela já interpretava como ofensa e ficava emburrada.

Calava, não conversava com ninguém ou disparava a chorar por conta da insegurança ao falar.

O resultado?

Acumulava as dez mil palavrinhas tudinho para ele depois.

Para o DR!

Aí quase dava lei Maria da Penha.

Ensinei a ela o processo de pulverização das palavras + respiração antes de falar + anotar o resumo da conversa.

Se você tem o perfil de soltar os cachorros, faça isso:

1. Fale para o seu parceiro como está se sentindo – sem ficar culpando ele. Apenas diga, amor, bem, xero eu estou me sentindo… e ponto.

Ao perceber que está alterada, faça caminhada, massagem, pedale, leia. Depois retome a conversa.

2. Converse com sua melhor amiga sobre o tema – aqui você já gasta umas cinco mil palavras

3. Fale em sua sessão de Coachee e trace as estratégias da conversa e solução desejada.

Anote os tópicos da conversa.

Respire profundamente contando até quatro, segure o ar contando até quatro, solte o ar contando até quatro e mantenha o pulmão vazio contando até quatro – por 3 vezes.

Isso vai te ajudar a se sentir muito segura!

Vá conversar, Alice!

 

6. Seja bem humorada

Uma pesquisa apontou que na hora da paquera o que mais atrai os homens é o bom humor da mulher.

Se no início do pega-pega o bom humor atrai, imagine num relacionamento de poucos ou longos anos?

Gente bem-humorada são as mais escolhidas como melhores colegas de trabalho além de ocupantes de cargo de direção.

Uma pessoa bem-humorada tem o poder de melhorar o humor de até dez pessoas.

Sem contar que a própria mulher bem-humorada já faz um bem tremendo a si mesma.

Então, minha amiga, não economize em bom humor.

Seja leve, risonha, feliz.

Só as mulheres seguras de si mesmas são bem-humoradas.

Tem algo te atrapalhando? Quer melhorar o seu humor?

Busque ajuda em uma boa leitura. Tenho dois livros para te ajudar: “O Segredo da Mulher de Sucesso no Amor e na Carreira” e “BOA DE CAMA: Uma abordagem sobre a Sexualidade”.

 

7. O SEGREDO PARA NÃO SER TRAÍDA

Agora, se você tiver vivido esse desafio em sua infância terá grandes chances de ser traída. É algo que está em seu inconsciente, mas com poder de atrair a situação para ser traída.

Parece loucura, mas é quase isso.

Por isso muitos homens traem, e as mulheres não conseguem entender.

Ao descobrir o que é isso você terá a capacidade de prevenir uma traição.

Muitas mulheres ficaram surpresas com o que leram.

Isso fez toda diferença nos relacionamentos delas.

Quer descobrir?

Quem já foi traída ou quer evitar que se repita? 

Participe do nosso evento ao vivo em nosso canal do  Youtube! Confirme sua participação logo abaixo:


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).