fbpx
Postado por Selma Arau 3 Comments

Conhecer seu corpo é um grande passo dado em direção a uma vida sexual quente e plena. E não nos referimos somente à masturbação feminina, mas a todo um conjunto de aspectos para você aprender sobre seu corpo e explorá-lo.

O autoconhecimento, tanto emocional como físico, promove descobertas que podem transformar totalmente (para melhor!) sua performance sexual. Como resultado, você pode chegar ao que tanto busca: sentir prazer com o orgasmo.

Há também vários outros benefícios, como aumentar a autoestima, dar mais prazer ao parceiro e e promover mudanças de atitude positivas em relação a vários aspectos, principalmente ao sexo.

Quer saber mais? Contaremos aqui sobre os benefícios, a quebra de tabus e algumas dicas para que você conheça seu corpo como ninguém. Acompanhe.

Dicas para conhecer seu corpo e ter mais prazer na vida sexual

Você sabe que muitas vezes é preciso se reinventar, quebrar paradigmas e rever conceitos sobre sexo. Não é vergonha sentir prazer e dar prazer ao companheiro ou companheira.

Não sentir prazer e chegar ao orgasmo pode estar diretamente ligado à falta de autoconfiança e autoestima, e isso pode travar você no sexo.

É preciso descobrir os gatilhos, o que desperta em você aquelas sensações indescritíveis de prazer e o que deixa você à vontade para dar e receber prazer. Veja as dicas.

1. Masturbação não é vergonha nem pecado

É fundamental encarar a prática da masturbação como natural. Ao aprender como gosta de ser tocada e de que forma sente mais prazer, fica mais fácil instruir o parceiro a tocá-la de maneira certa. Além disso, tira do companheiro a “obrigação” de que ele descubra como você gosta de ser tocada. Esse reconhecimento é essencial, pois cada mulher tem sensibilidades diferentes.

Sabe por que homens podem ser mais bem resolvidos sexualmente? Por que eles têm uma relação mais íntima com seu pênis, eles se masturbam e entendem como mais gostam. Isso, aliás, está atrelado a uma forte questão cultural, de que é normal homem se masturbar e mulher não. Mas isso deve ser deixado de lado, ambos precisam saber como seu corpo reage aos diferentes tipos de carícias.

2. Use o espelho como seu aliado

Quando falo que você deve conhecer seu corpo, me refiro também ao conhecimento visual. Olhe-se no espelho, descubra ângulos que você desconhece, identifique as diferentes texturas que seu corpo tem e entregue-se às sensações.

Essa atividade pode, inclusive, despertar coisas que você talvez nem saiba que sente, como o prazer visual. Muitas pessoas são estimuladas pelo sentido da visão.

3. Toque seu corpo inteiro

Nosso corpo tem muitas terminações nervosas que proporcionam inúmeras possibilidades para sentir prazer. Enquanto algumas mulheres enlouquecem ao serem tocadas nos mamilos, por exemplo, outras não resistem a carícias nas costas. A ideia é não se limitar às zonas erógenas tradicionais.

4. Seja delicada ao se tocar

Algumas mulheres dizem não sentir prazer ao estimularem o clitóris. Relatam, inclusive, incômodo. No entanto, isso não significa que não possam senti-lo. Sabe o que pode estar acontecendo? Elas não saberem como tocá-lo, podem estar sendo mais agressivas no toque ou não identificando o local onde o toque é prazeroso.

Por isso, o toque tem que ser delicado e se deve começar lentamente, descobrindo a anatomia e a maneira que mais dá mais prazer.

Além dessas, posso ajudá-la com muitas outras dicas. Deixe seu comentário ou dúvida, e vamos trocar uma ideia.

Você pode também baixar meu e-book “7 segredos para te ajudar a sentir orgasmo e enlouquecer o seu homem na cama!“.

No meu livro “Boa de Cama” também conto segredinhos picantes  para você se (re)conhecer e aprender a sentir e dar prazer como nunca!

Compartilhe este artigo com as amigas!

Nos vemos no próximo post!


Comentários: 3

  • Débora
    3 semanas ago
    Responder

    Selma, eu as vezes não sei indentificar se gozei ou não! E eu me questiono muito se eu já cheguei a gozar alguma vez em minha vida. Eu sinto prazer tanto ao toque, quanto a penetração, mas não sei se cheguei a gozar. O que pode ser?

  • Débora
    3 semanas ago
    Responder

    Selma, eu não sei identificar se eu gozei ou não! Eu sempre me questiono, se eu já cheguei a gozar alguma vez na minha vida. Sinto prazer tanto no toque, quanto com a penetração, porém não sei se gozei. O que pode ser?

    • Elia
      3 semanas ago
      Responder

      Seja bem vinda, muitas mulheres tem essa mesma dúvida… Importante saber se você está satisfeita sexualmente…
      Está? Assista aos vídeos em meu canal no youtube SELMA ARAU com várias dicas para gozar, ponha em prática…
      Tem os meus livros também que vão te ajudar a se soltar mais e a ter certeza quanto ao seu prazer…
      você merece muito… bjs

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).