fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Se apaixonar e se envolver com alguém significa encontrar um parceiro, não um propósito.

Permaneça solteira até definir objetivos, ter sonhos e lugares que você queira ir. Isso não significa ficar sozinha até realizar todas (ou algumas) essas coisas. Significa encontrar um objetivo de vida para si mesma, para que um dia, a pessoa com quem irá se relacionar, seja um companheiro e parceiro de vida, e não a razão pela qual você precisa existir.

Fique solteira até saber quem você é fora de um relacionamento. Que tipo de pessoa você é e o que gosta de fazer, sem precisar de um parceiro para definir essas coisas para você.

Não se envolva com alguém até se amar o suficiente para que o amor de outra pessoa te faça feliz, mas nunca inteiro. Orgulhe de si mesma quando as coisas derem certo e seja gentil consigo quando falhar. Ame sua companhia para que você consiga encontrar a felicidade e plenitude mesmo quando estiver só.

Fique solteira até que você não se ame por quanto dinheiro ganha ou por quão sua vida é legal no Instagram. Se ame por enfrentar as dificuldades e por continuar levantando da cama mesmo nos dias difíceis. Se ame por ser vulnerável, por assumir ser fraca e por tentar ser uma pessoa melhor todos os dias.

Fique solteira até se sentir viva. Até ser alguém que se esforça para viver todos os dias. Até enfrentar seus medos, sair da sua zona de conforto e querer aprender alguma coisa. Torne-se o tipo de pessoa que tem sede de emoção e alegria, para que você nunca se torne vazia.

Continue solteira até se tornar alguém assim. Lembre-se que você não está se tornando essa pessoa para outra, mas sim para você. Se aparecer sua metade de laranja, ótimo. Se não aparecer, ótimo também, pois você já está cheia e completa.


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).