fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Você sabe que os bloqueios da mulher em relação ao sexo são causados pela falta de educação sexual?

Ao crescer ouvindo que sexo é feio, sujo e pecado, a mulher desenvolve certos bloqueios que são bem difíceis de derrubar na vida adulta. 

Por isso grande parte das mulheres tem preconceito com relação à masturbação e sequer consegue sentir prazer e chegar ao orgasmo com o parceiro. 

No entanto, há formas de a mulher ir, aos poucos, derrubando tabus e quebrando bloqueios e caminhar em direção a uma vida sexual linda e plena. Veja a seguir. 

A educação sexual quebrando tabus e bloqueios

Conceitos rígidos sobre sexualidade e o que é “ser mulher” podem dificultar o comportamento no sexo. 

É preciso acabar com as crenças sobre o que acha errado em relação ao sexo. É preciso se libertar, conhecer o próprio corpo e as formas que gosta de dar e receber prazer. 

Além disso, é preciso assimilar o fato de que ser esposa e mãe não a anula como mulher, merecedora de ter uma vida sexual plena. 

É o cérebro que reconhece os estímulos sexuais e que desperta o corpo para o prazer, liberando uma série de hormônios que vão facilitar o orgasmo. Por isso, tudo está, literalmente, em sua cabeça. 

Trabalhar conceitos e crenças pré-concebidos e mudar a forma de pensar é o primeiro passo, pois se existe um bloqueio de crenças ou emoções em relação ao prazer, o corpo não vai conseguir funcionar corretamente, bloqueando tudo que dá prazer. 

Dicas de educação sexual

  • autoconhecimento: é preciso que você saiba quem é, do que gosta e o que quer. Sobretudo, é essencial que conheça seu corpo, onde gosta de ser tocada e quais sensações tem.
  • aceitação: muitas mulheres não estão de bem com o seu corpo. No entanto, aceitar seu biotipo e estar de bem com quem você é fisicamente faz você se amar ainda mais e, consequentemente, se entregar ao prazer sem se preocupar com pequenas imperfeições, por exemplo. 
  • livre de tabus: liberar seus desejos, sem culpa e sem receio é um passo importante para que tenha uma ótima vida sexual. Permita-se sentir muito prazer, mexer seu corpo como gosta, emitir sons, mostrar do que gosta, e verá uma verdadeira mudança em sua vida.
  • praticar o prazer: explore seu corpo, se toque e descubra os caminhos do prazer. A masturbação e os toques pelo corpo inteiro contarão muito sobre o que você gosta. 
  • relaxamento: não exija muito de si e nem tudo de uma vez só. O caminho para o descobrimento de si mesma acontece aos poucos. A ansiedade não ajuda, por isso, em uma relação, seja com um parceiro ou sozinha, relaxe e se deixe levar, sem preocupações com a performance.

Aproveite as dicas e depois me conte o que descobriu sobre você. Comente e não esqueça de compartilhar nosso post com as amigas!

Até o próximo!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).