fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Sexo virtual é uma prática que reúne duas pessoas por um meio de comunicação. A atividade sexual feita por meio de áudio ou mensagens. 

O sexo virtual não é novidade. No final dos anos 90 já era uma prática que começava a se difundir via internet, no entanto, já havia sido introduzida antes, pelo telefone.

Com a popularização da internet se tornou mais comum e, neste ano, ganhou muito mais força, pois devido à pandemia, as pessoa precisaram ficar em isolamento e evitar contato com outras. Foi a explosão do sexo pela internet, principalmente de quem está solteiro e a quarentena atrapalhou a vida sexual.

Independentemente disso, e como dissemos, já era uma prática de muitos. No entanto, também requer alguns cuidados. Por isso, decidi abordar esse tema no post de hoje. Vou dar dicas quentes para o sexo virtual e também dicas de segurança.

Liberte a imaginação com o sexo virtual

Bem a primeira coisa que preciso dizer a você: sexo virtual não é só mandar nudes. A prática está relacionada, principalmente, com a imaginação.

Você vai conversar com a pessoa do outro lado e imaginar situações sexuais diversas, de acordo com o desenrolar do papo ou com o que você quer que aconteça. É claro que não há um script para isso, mas às vezes você já vai preparada para dar um rumo à conversa. É ou não é verdade?

Sabe o que é bacana no sexo virtual? Joguinhos. Isso, tipo de perguntas e respostas. Se for com uma pessoa que você conheceu recentemente, será ótimo para saber mais sobre ela. Já se for com alguém com quem você já teve encontros ou tem um relacionamento, serve para apimentar mais a relação e também para você descobrir preferências que ainda não sabe que o outro tem, além de você também se sentir mais à vontade para dizer o que gosta, como gosta etc.

Esse tipo de atividade ajuda os parceiros se soltarem – e isso pode ajudar bastante na vida sexual do casal.

Além disso, o sexo virtual serve para preparar bem o casal antes do encontro. Imaginem, quando se encontrarem o sexo vai pegar fogo.

Então se você nunca praticou sexo virtual, pode tentar, desde que se sinta segura para isso. Segurança, aliás, é nosso próximo tópico.

Segurança no sexo pela internet

Apesar de ser uma prática comum, é preciso se resguardar de algumas formas. Como dissemos, sexo virtual não é somente mandar nudes, mas em algum momento isso vai acontecer.

Nesses casos, é sempre recomendável ter cuidado e não se expor demais. Mostrar o rosto? Jamais! Mesmo que seja seu namorado ou um ficante estável, pense bem e não cometa esse erro.

Em bate papos via câmera também é aconselhável não mostrar o rosto, nem nada que permita que reconheçam você. O machismo ainda é forte e, caso algo saia do controle e a mulher seja exposta, sua reputação sempre estará em jogo. E isso pesa bastante em aspectos como carreira e quando se tem filhos.

Aproveite o que a tecnologia proporciona, mas seja cuidadosa.

Acha que acabou? Nada disso! Olha o que falo sobre este assunto no vídeo do meu canal no YouTube!

Ao final, deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais. E não esqueça de mostrar para as amigas!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).