fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Quem nunca passou por um término de namoro? Eu já passei por alguns que foram bem complicados, mas estou aqui e muito bem agora!

Mas quando um relacionamento termina, é muito duro. É um período e uma rotina que deixa de fazer parte da nossa vida. Nessa fase, é totalmente normal e aceitável se sentir triste, sentir como se o mundo só tivesse tons de cinza, não ter vontade de fazer alguma coisa.

Sair, conhecer novas pessoas, tudo é fora de cogitação durante um tempo. O tempo para a recuperação varia de pessoa para pessoa. Confesso que comigo, nas primeiras vezes, demorei algumas semanas para conseguir me recuperar plenamente e me sentir pronta para seguir a vida.

Ao longo dos anos e com a experiência que a gente adquiri da vida, entendemos alguns pontos nos relacionamentos e passamos a aceitar melhor um término de namoro e ter uma recuperação mais rápida.

Sempre gostei muito de estudar e me aprofundei em relacionamentos. E o término é uma parte em todo relacionamento. Com minha vivência na área, fazendo consultorias, notei que existem alguns pontos em comum que ajudam qualquer pessoa a se recuperar melhor.

Reuni as dicas que considero que sejam essenciais no período após o fim e espero de coração que elas sejam úteis para você. Talvez se eu tivesse acesso à um conteúdo desses quando era mais jovem, teria sofrido menos. Vamos às dicas?

 

Aceite suas emoções e o término de namoro

Como já comentei acima, é mais que normal se sentir triste quando acontece essa situação. Não há o menor problema em chorar e se conectar às suas emoções. O mais importante no primeiro momento é não reprimir nenhuma emoção.

Sinta toda a tristeza e alivie chorando ou de qualquer outra forma que você não se arrependa depois.

O próximo passo é aceitar que todo relacionamento tem seu tempo. Perceber que o fim dele é muito comum e que sua vida não para com isso é fundamental para a recuperação.

Existem diversas maneiras como um relacionamento termina, mas passado as primeiras mágoas, é importante essa aceitação.

 

Procure apoio emocional

Esse momento é de muita fragilidade e procurar apoio emocional na família e amigos ajuda a preencher o vazio que sentimos com o fim de um namoro. Procure conversar com pessoas que você confia, explique como está se sentindo, desabafe e permaneça próximo de pessoas que te amam.

Caso esse suporte mais íntimo não seja o suficiente, é completamente normal procurar ajuda profissional. Psicólogos e psiquiatras são totalmente preparados para te auxiliar nessa fase. O mais importante nessa fase é não ficar sozinho se você se sentir mal.

A ajuda é sempre bem vinda.

 

Evite contatos

Quando se está fragilizada, é muito comum voltar a conversar com o ex, olhar as redes sociais do ex parceiro incessantemente.

É como uma droga na qual você tenta se livrar, mas não consegue. E para ajudar no processo de superação, é fundamental que não se tenha recaídas.

Tente evitar ao máximo o contato, mesmo que de forma virtual, afinal você está tentando esquecer e seguir sem essa pessoa que fez parte da sua vida.

Se for preciso, bloqueie o contato em todos os meios, mude sua rotina, evite lugares em comum quando puder.

Essa falta de contato irá fazer você se lembrar de como era sua vida sem essa pessoa, o que sem dúvidas vai te auxiliar a superar o término do namoro.

 

Enfim, seguindo essas dicas e várias outras que estão disponíveis em meus livros, com toda a certeza a superação do fim do relacionamento será menos dolorosa.

Não deixe de conferir os outros artigos do blog. Se você tem um problema de relacionamento, pode encontrar ajuda aqui!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).