fbpx
Postado por Selma Arau No comments

Será que há diferença entre traição sexual e traição sentimental? Bem, é claro que há. No entanto, há vários tipos de traição, principalmente porque nem sempre o homem está envolvido mais profundamente com a outra.

Traição é aquilo que ninguém quer, não é mesmo? No entanto, ela sempre rodeia relacionamentos.

Em meu trabalho, sempre converso com mulheres que dizem desconfiar que são ou foram traídas e outras que dizem ter certeza de que isso aconteceu.

Vamos falar mais sobre isso?

Tipos de traição e motivações

Quando falamos em traição, dificilmente paramos para analisar o que tem por trás desse ato. É claro que quem está nessa situação nem consegue pensar direito, sequer analisar algo.

Mas vamos pensar juntos: quantas vezes isso acontece, inclusive, por motivos que sequer consideramos.

Quer ver alguns?

Pressão de alguém

Imagine um grupo de amigos e seu boy junto. De repente rola uma de uma mulher demonstrar interesse. Amada, o homem pode ser fiel até que se sinta sob pressão e incentivo da turma.

Isso acontece, sobretudo, com quem é inseguro, imaturo emocionalmente e tem dificuldade em bancar suas decisões e convicções.

Você pode até dizer que ninguém pode forçar, mas se a pessoa não é firme no que acredita, cede fácil à pressão. Afinal, caso não “encare” o interesse da mulher (que não é a sua) pode parecer fraco perante os demais, ou “dominado pela mulher” e todos os outros tipos de zoação que geralmente existe em um grupo de homens.

Muito ciúme

Você sabe que quem é ciumento demais e vive com medo de ser traído pode trair primeiro para não sentirem a sensação de “ser passado pra trás”? Pois é! É algo como “vou fazer antes que o fulano faça e eu fique de bobo na história”.

Necessidade de autoafirmação

A necessidade de autoafirmação pode estar associada à insegurança, ao medo e à baixa autoestima. Muitos precisam provar que são importantes, desejados e amados e, mesmo que tenham isso com a parceira, precisam sentir com outra pessoa para acreditar.

Prazer em conquistar

Há muitas pessoas que sentem prazer em seduzir, são viciados no que isso lhes faz sentir e sentem necessidade de conquistar, mesmo que estejam em um relacionamento sério. O que resulta disso? Elas vão até o fim e acabam traindo.

Também falo sobre esse tema em um vídeo. Vocês vão adorar! Assista e depois em conte nos comentários a sua opinião sobre esse assunto!


1 Comentário

Não há comentários sobre este post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um Comentário

Sou escritora, com publicações na Europa, Colunista, Life Coach e Consultora de Relacionamento, Sexualidade, Carreira, Palestrante para empresas, universo feminino e casais. Sou ainda orientadora Sexual formada pelo Cesex – filiado a WAS (World Association Sexology), tenho Formação Internacional em Análise Bioenergética (in training).